Super Dicas e Truques

temos 5463 dicas 

para 409 jogos

amazon.com - PlayStation
Games

Nintendo adia lançamento do sucessor do 'Nintendo Switch'; impactos no mercado de ações e expectativas dos nvestidores

A empresa enfrenta reações do mercado diante de adiamento do sucessor do Nintendo Switch

Nintendo - Foto: Reprodução / Internet / Nintendo
Nintendo - Foto: Reprodução / Internet / Nintendo

Redação Publicado em 19/02/2024, às 11h41

amazon.com - Compre em até 10x

A Nintendo, renomada empresa de jogos eletrônicos sediada em Kyoto, no Japão, causou agitação nos mercados após informar aos desenvolvedores de jogos sobre o adiamento do lançamento de seu próximo console de videogame. Previsto inicialmente para o último trimestre deste ano, o lançamento do sucessor do Nintendo Switch foi postergado para os primeiros meses de 2025. Esta decisão resultou em uma queda nas ações da Nintendo, que registraram sua maior queda intradiária desde outubro de 2021, antes de se estabilizarem em uma diminuição de 5,8%.

O anúncio do adiamento surpreendeu muitos investidores, que recentemente impulsionaram as ações da Nintendo para um recorde histórico, antecipando o lançamento do novo console ainda em 2024. A reação do mercado reflete a preocupação de que a empresa possa enfrentar desafios financeiros se o software principal também for atrasado, deixando o hardware atual, o Switch, em uma posição ainda mais vulnerável devido à sua idade.

Mio Kato, da LightStream Research, observa que a Nintendo pode enfrentar pressão devido à impaciência dos novos compradores que esperam por inovações visíveis. A empresa depende fortemente do sucesso de seus jogos, como The Legend of Zelda e Mario, e o atraso no lançamento do novo hardware também significa um adiamento nos lançamentos de jogos para a próxima geração de consoles.

Apesar dos desafios imediatos, alguns analistas veem a queda nas ações da Nintendo como uma oportunidade de compra, antecipando um eventual anúncio do novo hardware nos próximos seis meses. Enquanto isso, o presidente Shuntaro Furukawa evita comentários sobre os planos de hardware da empresa, indicando que mais detalhes serão revelados após o término do ano fiscal atual.

Com 139 milhões de unidades do Nintendo Switch já vendidas, a grande empresa japonesa enfrenta o desafio de manter o impulso das vendas sem um novo console para competir com os lançamentos mais recentes da Sony e da Microsoft. O mercado aguarda com expectativa os próximos passos da empresa, enquanto investidores avaliam as oportunidades e desafios que surgem com o adiamento do sucessor do Switch.