Super Dicas e Truques

temos 5463 dicas 

para 409 jogos

amazon.com - PlayStation
Games

Dragon's Dogma 2: Microtransações geram críticas no primeiro dia de lançamento

O sistema de microtransações do jogo Dragon's Dogma 2 permite aos jogadores comprar diversos itens

Dragon's Dogma 2 - Foto: Reprodução / Capcom
Dragon's Dogma 2 - Foto: Reprodução / Capcom

Redação Publicado em 22/03/2024, às 11h33

amazon.com - Compre em até 10x

Dragon's Dogma 2, a aguardada sequência da Capcom, chegou ao mercado, mas não sem controvérsias. O sistema de microtransações implementado no jogo causou grande insatisfação entre os jogadores, principalmente na plataforma Steam, onde os comentários negativos sobre esse recurso são abundantes.

O sistema de microtransações permite aos jogadores comprar diversos itens, como Cristais da Fenda e outros consumíveis. Embora seja possível obter esses itens jogando, a inclusão de opções pagas em um jogo de jogador único gerou debates acalorados e críticas à Capcom. Um dos pontos mais criticados é o Cristalporto, item essencial para a viagem rápida no jogo. No entanto, seu uso é limitado pela necessidade de Pedras-barca, que possuem disponibilidade limitada. Isso significa que os jogadores que compram esses itens na loja têm uma vantagem significativa sobre os demais.

Outro ponto de discórdia é a Vitalita, item que pode reviver personagens não jogáveis e o próprio jogador. Essa questão se torna ainda mais problemática quando se considera as declarações anteriores do diretor sobre a limitação das viagens rápidas para enriquecer a experiência de jogo.

Os jogadores expressaram sua insatisfação com as microtransações em um jogo de jogador único, considerando a prática inaceitável. A falta de transparência da Capcom ao introduzir esse sistema desde o lançamento também foi duramente criticada. Embora as microtransações não sejam novidade para a Capcom, a inclusão imediata delas em Dragon's Dogma 2 causou uma reação negativa. O jogo está disponível para PlayStation 5, Xbox Series e PC, com preços a partir de R$ 336 nos consoles e R$ 254,13 no PC via Nuuvem.

A comunidade gamer se mobilizou nas redes sociais e fóruns online para expressar sua insatisfação com as microtransações em Dragon's Dogma 2. A Capcom ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas a pressão dos jogadores pode levar a mudanças no sistema ou, pelo menos, a uma maior transparência por parte da empresa. É importante destacar que as microtransações em jogos de jogador único são uma prática controversa. A comunidade gamer está cada vez mais atenta a esse tipo de modelo de negócio e exige mais transparência das empresas. A Capcom precisa ouvir as críticas dos jogadores e tomar medidas para melhorar a experiência de jogo em Dragon's Dogma 2.

O futuro do jogo dependerá das ações da Capcom. Se a empresa não tomar medidas para resolver o problema das microtransações, Dragon's Dogma 2 pode ter um futuro incerto, com a comunidade gamer se afastando do jogo.