Super Dicas e Truques

temos 5438 dicas 

para 396 jogos

amazon.com - PlayStation
Games

Square Enix: desenvolvedora quer ser menos dependente de famosa franquia

Em reunição, foi mencionado 'Powerwash Simutaltor como um dos exemplos de sucesso da distribuidora de jogos

Final Fantasy XVI - Foto: Reprodução / Square Enix
Final Fantasy XVI - Foto: Reprodução / Square Enix

Redação Publicado em 22/01/2024, às 16h17

amazon.com - Compre em até 10x

A Square Enix, renomada por seu êxito em RPGs como Final Fantasy e Dragon Quest, tem o propósito de ampliar a diversidade de seu portfólio nos anos vindouros, afastando-se ligeiramente do gênero que a consagrou. Takashi Kiryu, presidente da empresa, apresentou essa perspectiva durante uma assembleia com acionistas em novembro de 2023, enfatizando a importância de diminuir a dependência nas marcas principais da companhia.

O presidente admitiu que a Square Enix se habituou a uma zona de conforto, impulsionada pelo êxito constante de obras como Dragon Quest e Final Fantasy. Contudo, ele observou uma diversificação nos gostos dos consumidores no mercado de jogos, com uma crescente preferência por conteúdos abrangendo uma variedade de gêneros. Para se adaptar a essa mudança, a empresa tem a intenção de explorar títulos com conceitos e dimensões variados.

Na assembleia, Kiryu citou o Powerwash Simulator como um caso de êxito apoiado pela Square Enix. O jogo, centrado na limpeza de variados ambientes, destacou-se ao adotar uma proposta singular. Importante frisar que a FuturLab foi a responsável pelo desenvolvimento do Powerwash Simulator, enquanto a Square Enix desempenhou o papel de publicadora.

O líder da empresa manifestou o anseio de aprimorar as competências internas de desenvolvimento a longo prazo. Ele ressaltou a relevância de direcionar recursos para a criação de novos títulos meticulosamente escolhidos, com o objetivo de assegurar elevados padrões de excelência.

Essa estratégia surge em um contexto no qual a renomada empresa alienou parte de suas operações ocidentais, englobando franquias como Tomb Raider e Deus Ex. Apesar disso, Kiryu salienta a intenção de concentrar-se em projetos internos das equipes situadas no Japão como uma diretriz para o futuro, mesmo diante das recentes alterações na estrutura da empresa.